quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

[Dissecando] Conheça o 'Melhor Guitarrista de Caxias 2015', Cesar Branco


CESAR BRANCO, agora ex-guitarrista da banda BABY SITTERS, e também líder da banda FIGHTER, levou a "estatueta" de 'Melhor guitarrista 2015' em Caxias do Sul, segundo voto popular pelo Heavynroll. Então, através da seção [Dissecando], entrei em contato com o amigo e agora trago a vocês um CESAR que muitos ainda não conheciam. Nem eu... kkk

Nome completo: Cesar Augusto Lotes Branco
Data de Nascimento: 24/06/1985

Passatempo preferido: 
Musculação, Colecionismo e Futebol

Gastronomia:
Feijão, Arroz, Omelete, Frango, Pizza, Xis, Pastel e Chocolate;

Quando começou a tocar e por que?
Comecei aos 7 anos de idade, com o violão. Meu pai era músico *gaiteiro*, e tinha conjunto com alguns amigos. Ao ver os ensaios que rolavam em casa, eu me envolvia com a música, mesmo sendo gaúcha / sertaneja de raiz. Desde então eu não larguei mais o violão. Aos 9 comecei na guitarra e o KISS apareceu na minha Vida; desde então... o ROCK nunca mais me largou. Nem eu dele.

Bandas que você toca ou já tocou?
Tive vários projetos com amigos na adolescência, de menos expressão mais que igualmente forma muito importantes para o meu crescimento musical. Bandas: DEADFOREST, ALBATROSS, WHITESNAKE Cover, FIGHTER e BABY SITTERS.

Principais influências: 
KISS, GUNS N ROSES - SLASH, RANDY RHOADS, YNGWIE MALMSTEEN, SCORPIONS, MICHAEL JACKSON, ELVIS PRESLEY, RICHIE KOTZEN, DIO e ZAKK WYLDE.
 Livro:  
'The Secret'

Álbum:
'Eclipse' - YNGWIE MALMSTEEN

DVD:
'Live in The Still Of The Night' (2006) - WHITESNAKE

Virtude:
Persistência

Defeito:
E muitos casos, colocar o bem estar do próximo antes do meu. Isso geralmente resulta em muitas dores de cabeça. Ainda mais quando a pessoa em questão não possui SENSIBILIDADE.

Mania:
Não importa a situação, local ou hora... ter sempre uma caneca *eu disse CANECA* cheia de café em mãos.

Grande sonnho:
Continuar ganhando a VIDA fazendo as coisas que mais AMO. Entre elas, a música!

Uma frase ou ditado que, enfim, te definiria:

"Não importa o quanto você bate, mas sim o quanto aguenta apanhar e continuar. O quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha."

Links Relacionados