[Resgate] DE ROS, o Power Trio que fez escola

Primeira Formação: Sandro Stecanella, Fábio Alves e Marcos De Ros
O "power trio" DE ROS teve início no final dos anos 80 e começo dos 90 e foi uma banda que revolucionou a forma de encarar a formação de músicos a partir daí. Até esta época, a maioria dos músicos que existiam eram autodidatas, não se preocupavam com teoria musical e consequentemente as bandas não produziam material com tanta qualidade, salvo exceções é claro, de um seleto de grupos que se destacavam no cenário. 

O trio, formado por MARCOS DE ROS na guitarra, FÁBIO ALVES no baixo e SANDRO STECANELLA na bateria, trazia uma visão mais técnica do instrumento, com músicas instrumentais trabalhadas, lembrando grandes músicos de terras distantes. Eles também trouxeram a didática para o rockeiro caxiense, sendo estes uns dos primeiros professores de seus respectivos instrumentos em Caxias do Sul e sendo responsável pela formação musical da maioria dos grandes e veteranos nomes que conhecemos hoje na história da cidade (Rodrigo Campagnolo, Cristian Rigon e Geraldo Aita, foram alunos de Marcos De Ros). Ou seja, a maioria dos músicos de rock daqui está direta ou indiretamente relacionados com este trio, seja por terem sidos alunos diretos ou por serem alunos dos ex-alunos...

Depois de algumas demos, desconhecidas do grande público, veio então o primeiro álbum, ainda em vinil em 1994, o 'Ad Dei Gloriam', que trazia 14 músicas instrumentais de tirar o fôlego, variando muito os estilos, do Fusion ao heavy metal mostrando o poderio de fogo deste trio. Dentre as músicas que fazem parte deste play, algumas se tornaram clássicas e motivo de exercícios para muitos músicos, como a metal 'La Lejenda Del Brujo', o solo espetacular de MARCOS em 'Allegro, Agitato Ma Non Troppo, Apassionato e Stupido', os momentos de FÁBIO com seus incríveis fraseados de baixo em 'Puct Pect Komdó' e 'Dazzling Song'. Sem contar a mais emblemática do álbum, a balada 'Ocean´s Colors', dentre outras que também evidenciavam a competência de SANDRO como um dos maiores nomes brasileiros das baquetas.



O profissionalismo era a palavra máxima do DE ROS. Seus shows eram OS eventos musical do ano, sempre acontecendo em grandes festivais e na Casa da Cultura, com ótimas produções e performances marcantes. Na plateia, todos atentos, prestando atenção no que seus ídolos e professores estavam fazendo no palco, aprendendo um pouco mais e, claro, eu era um deles.

Em 1997 sai então o segundo álbum, o 'Universe'. Este traz uma estrutura musical diferente do primeiro, pra começar, a banda agora contava com um tecladista, ninguém menos que ÉDER BERGOZZA agora fazia parte da banda DE ROS. Por esse motivo, a sonoridade ficou mais voltada ao prog metal, com músicas mais riffadas e quebradas. Não tem como deixar de destacar pérolas como a 'War' e marcante e enigmática introdução de baixo, além da ótima e classical 'Gebbirish' (que você pode conferir no vídeo abaixo durante o show de lançamento do álbum), as espetaculares 'Lux Perpetua' e 'Reincarnation' que fazem deste álbum o embrião do viria a ser a banda AKASHIC poucos anos mais tarde. Mas essa história vamos deixar para a próxima edição do [Resgate]