sábado, 26 de agosto de 2017

[Resenha] METAL SUL FESTIVAL - 18 e 19/08/2017


No último fim de semana tivemos grandes festivais de Heavy Metal em Caxias do Sul e, infelizmente, não pude comparecer a todos. Porém, pude prestigiar um momento histórico do som pesado na cidade, a primeira edição do METAL SUL FESTIVAL. O evento aconteceu na sexta e no sábado e contou com shows e palestras. Então, aqui vão minhas impressões destes dois dias:

Os eventos da sexta-feira estavam marcados para começar às 18:30hs, com coletiva de imprensa e bate papo com os organizadores mas, infelizmente, este momento formal foi obscurecido com a falta de público. Cheguei pontualmente no Ordovás e de cara encontrei com o grande MAICON LEITE, curador do projeto, assessor de imprensa e um dos escritores do livro "Tá no Sangue!". Dei uma rápida olhada ao redor e esperava encontrar muita gente, mas ao contrário disso, apenas alguns músicos que iriam se apresentar e alguns amigos da produção, como o figura ANDERSON MADALOSSO, que estava envolvido com a organização e também o FLÁVIO da lendária LEVIAETHAN, que tocaria mais tarde. Também encontrei meu parceiro de Heavynroll GERALDO ANDRADE que, obviamente, estava lá acompanhando tudo de perto.

Os shows estavam marcados para começar às 19:30hs. Algumas pessoas começaram a chegar e tivemos um atraso proposital para ver se as coisas melhoravam, porém, não teve jeito. Calculo que lá pelas 21:00hs a primeira banda subia ao palco para um número muito pequeno de pessoas. Ao adentrar no Teatro Valentin Lazzarotto (no Ordovás) fomos surpreendidos com uma produção de palco raramente vista em um show de Heavy Metal underground, com equipamento top e uma sonzeira destruidora e limpa!!

Para abrir o evento, tivemos o INITIATE DECAY tocando um Death Metal extremamente técnico e pesado. A banda tem exatamente 1 ano de existência - começaram em Agosto de 2016 - Mas os músicos que a compõe são velhos guerreiros do estilo. Eles desfilaram um set curto e autoral, com composições muito bem construídas e de ótimo bom gosto. Fiquei realmente surpreso com a qualidade da banda, além disso, o som ajudou muito para que pudéssemos compreender tudo que acontecia. Guitarristas bem entrosados e limpos, o vocal, que também é baixista, muito seguro e uma bateria destruidora e técnica. Banda muito promissora!

Initiate Decay
No final do show, as coisa começavam a melhorar em questão de público. E então veio a lendária LEVIAETHAM. Com seu Thrash Metal old school, a banda abriu o show já com a clássica "Echoes From the Past" e colocaram tudo abaixo. FLÁVIO SOARES e sua volumosa cabeleira e barba brancas destilou a fúria thrasher com clássicos atrás de clássicos. Infelizmente, lá pelo finalzinho do show, precisei ir embora, pois trabalho à noite e, sabe como é, tenho alimentar as crianças (hehehe). O que me chamou a atenção é que, no momento que ia embora, muita gente vinha chegando... Será que confundiram o horário?... Uma pena...

Leviaethan
"Para nooooossa alegria", a festança não havia acabado, tinha o dia seguinte e, desta vez, com 3 shows. Saí de casa preocupado,- será que seria uma audiência fraca novamente o segundo dia? 

Cheguei novamente no horário no sábado e, para minha alegria, a frente do Ordovás estava cheia, muitos rostos conhecidos, amigos e músicos. Respirei aliviado e pensei "hoje vai ser demais!"... e foi!!

Não fazia parte do evento e nem estava envolvido, mesmo assim, talvez por também ser músico e saber como é frustrante você se preparar para um evento e se deparar com um público fraco, mesmo mantendo o profissionalismo, não tem como não sentir a frustração... Me coloquei no lugar dos músicos e da produção, que fez "das tripas, coração" para que tudo isso acontecesse... e era de graça!!

O público só crescia quando a primeira banda subia ao palco. Uma das principais, melhores e veteranas bandas do Metal Underground gaúcho, o LOSNA chegou arregaçando tudo! Que show!! 

Formado pelas irmãs DÉBORA GOMES (guitarra) e FERNANDA GOMES (baixo e voz) e o baterista MARCELO ÍNDIO, a banda possui um entrosamento ímpar e uma performance visceral e empolgante. Em muitos momentos tivemos até movimentos combinados entre as irmãs, que agitavam suas enormes cabeleiras ao som de riffs destruidores! É uma banda que dá gosto de ver, e quem não conhece o trabalho deles, veja a resenha que fiz sobre o último e fabuloso lançamento da banda "Another Ophidian" Extravaganza" (2015).

Losna
Logo depois veio outro grande nome do Metal gaúcho, o grande CARNIÇA. Ainda no show do LOSNA encontrei com o baterista e grande amigo MARLON LUSTOSA, e aí vem a grande beleza do underground, principalmente no RS. Enquanto uma banda tocava, as outras prestigiaram em meio ao público as "colegas" desta difícil jornada da música pesada, com alguns integrantes inclusive batendo cabeça bem junto ao palco, O CARNIÇA foi visceral como sempre. Fez um puta show, com convidados e momentos memoráveis, a impressão que tenho é que a banda melhora a cada oportunidade que os vejo.

Carniça
Pra fechar a noite, ninguém menos que a gigante REBAELLIUN, nome conhecido internacionalmente e que voltou à ativa já com lançamento que abalou as estruturas em 2016. Nem preciso dizer que a banda só confirmou ser um principais nomes do Metal extremo no Brasil. O show foi realmente incrível!! Fechando assim o Metal Sul Festival com chave de platina!

Rebaelliun
CLÁUDIA KUNST e todos os envolvidos neste projeto estão de parabéns, foi incrível e histórico! Com um nível de profissionalismo inspirador! O primeiro passo foi dado e o futuro do Festival é muito promissor. Mês que vem a história continua, desta vez o evento acontece em Bento Gonçalves e espero estar lá para prestigiar. 

Como diria meu amigo Geraldo Andrade - "Que venha o próximo!"

Para ver mais fotos, visite a página de CERISE GOMES:

Ou a página de MAICON LEITE.
https://www.facebook.com/MaiconLeite

Ou na página oficial do evento
https://www.facebook.com/metalsulfestival/


FOTOS - CERISE GOMES (profissionais) e MÁRCIA PAIM (amadoras)

Eu, Marlon Lustosa (Carniça) e a Márcia

Fábio Suliani (Scraper Head, Abominattion), Dolfo e Eu

Cassio Quines, Cerise Gomes e a Márcia

Eu e o grande Maicon Leite

Com as meninas do Losna

Márcia e o batera do Losna

Eu e Lohy Silveira (Rebaelliun)

Geraldo Andrade, Maiocn Leite e, claro... Eu (hehehe)

Marco Paim e as Celebridades - Thiago Caurio, Rodrigo Marenna, Jayson Mross e o meste Cervejeiro (não lembro o nome, heheh)